martes, 16 de febrero de 2016

Teus lábios que sussurram primaveras



Teus lábios que sussurram primaveras
evocam uma terra prometida,
um sol que lá brilhou noutras esferas,
a glória duma música querida.

Luar que purifica
o mais doce suspiro;
de todas as palavras,
aquelas que eu prefiro.

Um astro rutilante e sonhador,
a brisa que perfuma o sentimento,
um grande olhar de gloria e resplendor
que brilha no meu absorto pensamento.

Clarão imaculado,
da treva rasgas os véus;
mistério dos teus olhos
que inunda os olhos meus!

Juan Martín (17-2-2016)

No hay comentarios:

Publicar un comentario