viernes, 26 de febrero de 2016

Pela rua ao sol




Pela rua ao sol
meu bem é quem vem,
pretos os cabelos,
olhos pretos tem.

Pela rua ao sol
meu bem já passou,
passou a alegria
que jamais voltou.

E na rua fiquei
de nenhum lugar
esperando que
voltasse a passar.


No hay comentarios:

Publicar un comentario