miércoles, 19 de abril de 2017

Passarinho namorado




Ouço um lindo canarinho
Que canta na sua prisão;
Na gaiola, coitadinho,
Ele chora a sua paixão;

Com certeza porque clama
Pela amada canarinha
À quem ele muito ama,
E também, presa e sozinha.

Ele não pode fugir
Nem da prisão nem do fado
De nunca poder sentir
O calor do ser amado.

Mas a sua voz é tão bela,
Tão sentido o que ele canta,
Que mesmo desde a sua cela
Vibra o céu na sua garganta.

J. Martín

No hay comentarios:

Publicar un comentario

Nota: solo los miembros de este blog pueden publicar comentarios.