lunes, 31 de julio de 2017

Noites de saudades





Noites de alegria,
noites de outro tempo:
tudo quanto eu sou,
meu feliz momento!

Noites de ventura,
de grato verão,
noites que palpitam
no meu coração.

Noites misteriosas,
plenas de luar,
não as leva o vento
nem qualquer azar.

São noites que moram
num mundo irreal,
noites que passaram
mas não têm final.

No hay comentarios:

Publicar un comentario

Nota: solo los miembros de este blog pueden publicar comentarios.